Childish Gambino "This is America": uma análise

Uma critica ao racismo, a cultura do armamento, que ocorre nos EUA e também ao nosso alheamento ao outro. Onde uma arma vale mais que uma ou mais vidas.

Chidish Gambino, nome que Donald Glover utiliza no mundo da musica, sendo ele ator, compositor, humorista e musico, ou seja, um artista completo, protagonista no clipe "This is América" onde canta, dança e incomoda fazendo diversas referencias sobre a cultura do racismo e da violência.

Logo no inicio há um musico encapuzado que é morto pelo musico, o ator é muito parecido com o pai de Travyon Martin, assassinado em 2012, por um individuo com o ego doente e inflado se que achava uma espécie de "paramilitar" e que foi absolvido pela morte do rapaz negro. Simboliza também a execução de um escravo, negro e descalço.



Jim Crow


Neste momento ele faz gestos corporais quando empunha a arma e em seguida contorcidas faciais que lembram muito um personagem caricato, grotesco e rude, o Jim Crow, idealizada por um ator branco chamado Thomas D. Rice para espetáculos chamados de Minstrel Shows.

Mas Gambino lança mão também de outra personagem da serie americana The Boondocks, Uncle Ruckus, onde ele negro é a favor da supremacia branca e defende que os negros são a escória da humanidade, personagem provavelmente inspirado em Jim Crow.

Tio Ruckus - Uncle Ruckus (Fonte Wikipédia)

Depois disso, Gambino, entrega a arma para uma criança, com todo cuidado e respeito até, pois é envolvida em um pano vermelho, como algo que importante e sagrado enquanto ele se volta para a câmera, dançando, as crianças retiram o cadáver como um algo qualquer.




Detalhe sobre a calça que Childish Gambino veste, é parte do uniforme dos soldados confederados americanos, defendiam a manutenção da escravidão em sua totalidade e até hoje fanáticos racistas utilizam bandeiras e estes uniformes para pregar a segregação racial e supremacia branca.

A partir deste ponto, as batidas são alteradas completamente, Gambino dança alegremente seguido por crianças inocentes da escola, isto é uma alusão ao massacre de Soweto contra estudantes, na África do Sul, em junho de 1976. Poderia ser também uma forma de opressão contra minorias, contra os negros nesse caso, onde nos EUA, somente escolas publicas em regiões mais pobres lançam mão do uso de uniformes e escolas católicas, pode ser uma critica sobre a desigualdade da educação.

Gambino observa as crianças por um momento e as imita, na dança e alguns gestos, uma critica talvez sobre a "apropriação cultural". Há o caos reinando por trás dele, mas esse "ruído" não atrapalha ele curtir a batida que incomoda e a dança super cativante, inspirada na dança sul-africana Gwara Gwara. Por que se importariam com os problemas dos outros?... Aqui outra alusão sobre o Minstrel Show onde pregava que os negros eram alheios e preguiçosos? Provavelmente.



Ah, a igreja, refugio seguro para os negros, coral cantando alegremente: "ele vai atirar em alguém", Gambino recebe uma metralhadora e massacra os nove membros, significando a morte de nove pessoas negras em uma igreja onde era bem ativa contra o racismo, o Tiro de Charleston em 2015, onde o assassino proferiu frases como: "preciso matar vocês pois estupram e roubam muitos de nós!" antes de atirar.

Inicia-se uma revolta popular neste momento com presença policial, Gambino continua sua dança frenética e pisca para Richard Pryor, comediante americano, que incluiu durante décadas temas como o racismo e violências em seus irreverentes esquetes.


Os estudantes aparecem como testemunhas do enfrentamento entre a policia e os manifestantes, gravando com seus celulares, "This is a celly, that´s a tool" (Isto é um celular, esta é uma ferramenta), diz a letra da musica nesse momento.

Por ser negro, com um telefone celular no quintal dos fundos de sua casa, Stephon Clark levou sete tiros da policia em março de 2018. Os policiais buscavam um suspeito de quebras vidros traseiros de automóveis na região. Os agentes alegam que confundiram o celular com uma arma. Este episódio disparou uma série de protestos pelos EUA, ainda muito marcado pela segregação racial.



A dança continua enquanto um rapaz negro se suicida, se joga da grade alta, representando a depressão e o suicídio que assolam a população atualmente e totalmente ignorado. Nos EUA a falta de restrição da venda de armas levam não somente a massacres mas também tem contribuído com o crescente aumento de suicídios de jovens.




Ao fundo da cena, um homem, de preto, com o rosto coberto com um lenço montado em um cavalo branco, representa a morte e também a vitória após um confronto violento, como no Novo Testamento.

Eu me baseie em estudos de alguns canais do Youtube e no clipe de Childish Gambio, onde há ainda muito a ser descoberto e discutido. 

Genial e que incomoda muito, nos faz pensar e repensar em muitas coisas envolvidas sobre esse assunto e outros assuntos, como pode nos afetar direta e indiretamente. 

Até o nome do clipe This is America (Isto é América), nos faz refletir sobre onde está aquela America dos sonhos, onde tudo pode acontecer, todos crescerem e poder ter uma vida como o Dream America, sonho americano prega.

Enfim, há muitas outras mensagens nas camadas das cenas desse clipe, muitas dolorosas demais e que com certeza nos incomodará mais ainda por tempos nas nossas descobertas nesses 4 minutos e 4 segundos de clipe.

This Is América


Faça a sua análise e descubra muito mais.